Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Presidente da República João Lourenço participa na Investidura de Azali Assoumani, Presidente da União das Comores

PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO DISCURSOU HOJE NA CERIMÓNIA DE INVESTIDURA O Presidente da República de Angola, João Lourenço, também Presidente em Exercício da Comunidade para o...
HomeECONOMIAFuncionários Com Salário AKZ 100 Mil Isentos de IRT

Funcionários Com Salário AKZ 100 Mil Isentos de IRT

Os funcionários públicos angolanos que auferem salários até 100 mil kwanzas ficam, a partir deste mês (Janeiro), isentos do pagamento do Imposto sobre o Rendimento do Trabalho (IRT). Trata-se de uma iniciativa do Governo que visa aliviar o actual custo de vida das famílias.

by: Adriano Kayunduma

A medida, que já está publicada em Diário da República de 29 de Dezembro de 2023, consta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para o exercício económico de 2024, cuja execução se iniciou na última terça-feira, dia 2.

Antes dessa iniciativa, o IRT isentava os funcionários com ordenados até 70 mil kwanzas. Com o novo reajuste, a tabela do IRT reduz-se de 13 para 12 escalões, sendo a taxa percentual mínima fixada em 13%, para salários de 101 mil a 150 mil kwanzas (segundo escalão), enquanto a percentagem máxima está fixada em 25%, para rendimentos acima de 10 milhões e um kwanza (12.º escalão).

Ou seja, os trabalhadores com rendimentos entre 101 mil e 150 mil kwanzas passam a pagar 13% de IRT, enquanto os que auferem mais de 10 milhões e um kwanza vão pagar 25% deste imposto, para além do desconto dos 3% da Segurança Social, respectivamente.

O Imposto sobre o Rendimento do Trabalho incide sobre os rendimentos dos trabalhadores por conta própria (profissionais liberais, comerciais e industriais) ou por conta de outrem (trabalhadores dependentes). Para efeitos deste imposto, constituem rendimentos do trabalho todas as remunerações percebidas a título de ordenados, vencimentos, salários, honorários, avenças, gratificações, subsídios, prémios, comissões, participações, senhas de presença, emolumentos, participações em multas, custas e outras remunerações acessórias.

A par dos funcionários com salários de até 100 mil kwanzas, estão também isentos do Imposto sobre o Rendimento do Trabalho os rendimentos auferidos pelos agentes das Missões Diplomáticas e Consulares Estrangeiras, sempre que haja reciprocidade de tratamento, bem como os rendimentos obtidos pelo pessoal estrangeiro ao serviço de Organizações Internacionais.