Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

JOSÉ CALENGI, MANTÉM OS NÍVEIS DE CONFIANÇA E ASSEGURA QUE O EXECUTIVO VAI REALIZAR O COMPROMISSO DE ANGOLANO E DO PAÍS

Exclusivo : Falta de logística hábil e equipamento operacional tornam o adiamento de Canso Angola 2024 A falta da logística suficiente e equipamento operacional nomeadamente,...
HomeMUNDOCongressista democrata apela a que Biden abandone corrida presidencial

Congressista democrata apela a que Biden abandone corrida presidencial

A ex-líder da Câmara dos Representantes norte-americana Nancy Pelosi considerou hoje “legítimo” questionar a saúde do presidente, criticado pelo mau desempenho no debate contra Donald Trump, e um congressista democrata apelou mesmo a que Joe Biden abandone a corrida presidencial.

“Acho legítimo perguntar se este é um episódio simples ou um estado duradouro”, disse ao canal MSNBC Pelosi, uma figura ainda muito influente dentro do seu partido.
Porém, a política da Califórnia, ela própria com 84 anos, elogiou a “visão” do chefe de Estado, atualmente com 81 anos.

“Não sou médica. Não posso dizer o que acontecerá dentro de três ou quatro anos, mas acho que, pela minha experiência, e foi isso que me perguntou, acho que (Biden) continuará a ser um grande presidente dos Estados Unidos”, advogou.

Os apelos de democratas eleitos, instando o presidente e a sua comitiva a serem transparentes sobre a forma do líder octogenário, multiplicaram-se nas últimas horas.
O congressista Lloyd Doggett foi mais longe e tornou-se hoje o primeiro legislador do Partido Democrata a pedir publicamente que Joe Biden renuncie à corrida à Casa Branca, argumentando que o desempenho do chefe de Estado no debate não conseguiu “defender efetivamente as suas muitas realizações”.

Lloyd Doggett, do Texas, insistiu que Biden deveria “tomar a dolorosa e difícil decisão de se retirar”.

“A minha decisão de tornar públicas essas fortes reservas não é feita levianamente, nem diminui de forma alguma o meu respeito por tudo o que o presidente Biden conquistou”, frisou Doggett.

“Reconhecendo que, diferentemente de Trump, o primeiro compromisso do presidente Biden sempre foi com nosso país, e não consigo próprio, tenho esperança de que ele tome a dolorosa e difícil decisão de se retirar. Peço respeitosamente que o faça”, instou.