Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Presidente da República João Lourenço participa na Investidura de Azali Assoumani, Presidente da União das Comores

PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO DISCURSOU HOJE NA CERIMÓNIA DE INVESTIDURA O Presidente da República de Angola, João Lourenço, também Presidente em Exercício da Comunidade para o...
HomeNOTÍCIASSOCIEDADEDIP detém três activistas que pretendiam realizar manifestação em Luanda familiares desconhecem...

DIP detém três activistas que pretendiam realizar manifestação em Luanda familiares desconhecem paradeiro

Trata-se de Dumilde Rangel Neto, Fernando Geovani e Desidério Tubia membros da Unidade Nacional para Total Revolução de Angola foram detidos está terça-feira 12, pelo DIP nas mediações do Zé Pirão em Luanda, líderes do movimento revolucionários UNTRA. Segundo informações prestadas por um membro ligado à organização, dois elementos do DIP Departamento de Investigação de Ilícito terão levado os três activitas para um lugar inserto em que até ao momento desconhecem o paradeiro dos mesmos.

“Eu faço parte de uma organização da UNTRA (União Nacional Para Total Revolução de Angola) venho por meio  desta dar a conhecer ao ontem por volta das 12 horas dois dos nossos manos foram sequestrados pelo DIP nas mediações do Zé Pirão propriamente no pau da cobra  até ao momento não soubemos onde se encontra os manos, pedimos que nos ajudem”.

Segundo a fonte em o Diário Independente teve acesso, Dumilde Rangel Neto, Fernando Geovani e Desidério são suspeita das autoridades angolanas de liderarem um grupo de manifestantes que pretendiam manifestarem-se no dia 23 do mês em curso. Em causas estão o elevado auto preço dos principais produtos da sexta básica, elevado índice de desemprego, libertação dos presos políticos e a subida dos combustíveis.

“Dumilde Rangel Neto, Fernando Geovani e o manmo Desidério foram levados por três elementos afeto a secreta Nacional  um com colete de DIP, outro agente de viação de trânsito num Land cruiser de vidros fumados por serem membros da UNTRA que convocou uma manifestação para dia 23 de deste mês”, disse.

Ainda conta que as famílias dos mesmos já foram informados do incidente“ já informamos a família, e contactamos o comando provincial da Polícia, e a direcção do DIP mas sem sucesso. Pedimos que a polícia do MPLA seja republicana e liberte os nossos irmãos.

Na tarde desta quarta-feira mais um membro da UNTRA detido pelo SIC por integrar um grupo de manifestantes.