Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Amnistia Internacional exige respeito ao direito de protestos em Luanda

A Amnistia Internacional lembra que as autoridades angolanas devem respeitar os direitos dos manifestantes em Luanda durante a manifestação prevista para 22 de junho...
HomePOLÍTICAAngola: PR avalia grau de cooperação com Rússia

Angola: PR avalia grau de cooperação com Rússia

O Presidente da República, João Lourenço, abordou esta terça-feira, em Luanda, o estágio da cooperação entre Angola e a Federação Russa, durante uma audiência concedida ao embaixador russo, Vladimir Tararov.

Em declarações à imprensa, o diplomata ruso declarou que as relações de cooperação entre os dois países são boas, históricas e de amizade.

Revelou que o Chefe de Estado angolano foi convidado pelo homólogo russo, Vladimir Putin, para participar, em Moscovo, a 09 de Maio próximo, nas comemorações da vitória sobre o fascismo, na II Guerra Mundial.

Indicou estar igualmente prevista para Novembro deste ano, em Soshi, uma cimeira de ministros de Relações Exteriores de África e da Rússia para abordar questões de paz e segurança mundiais.

Vladimir Tararov manifestou o interesse do empresariado russo em investir no desenvolvimento económico de Angola, incluindo a produção de bens agrícolas, como a banana e o café, aproveitando os solos férteis do país.

Adiantou que empresários russos, maioritariamente de São Petersburgo, estão a negociar a aquisição de terrenos para plantação de café em Angola e assegurar o fornecimento directo para as suas companhias de produção de chocolates.

Assegurou que a empresa diamantífera russa “Al Rosa” continua a trabalhar sem qualquer restrições, contribuindo para o desenvolvimento económico do país.

O embaixador anunciou também a doação de 50 ambulâncias, de um lote de 150, equipadas com meios capazes de oferecer assistência de qualidade aos pacientes.

Reconheceu que as trocas comerciais entre os dois países não são “muito grandes” , mas poderão ser relançadas com futuras reuniões da Comissão Mista Angola/Rússia, com ganhos recíprocos.

Os primeiros acordos de cooperação entre Angola e Rússia, sucessora da ex-URSS, foram rubricados em 1976, em Moscovo, entre os então Presidentes, António Agostinho Neto e  Leonid Brejnev, respectivamente.

Os entendimentos de então, alinhados aos desígnios da instauração do socialismo em Angola, incidiam em quase todos os domínios da vida política-militar, económica, social, incluindo a formação de quadros dirigentes do partido e do país.