Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Projeto Político Partido Liberal

Projeto Político Partido Liberal A Juventude Africana como Protagonista do Futuro do Continente. Em um dia como hoje, celebramos o Dia da África, uma data de...
HomeNOTÍCIASEm WINDHOEK Presidente João Lourenço destaca feitos de Hage Geingob

Em WINDHOEK Presidente João Lourenço destaca feitos de Hage Geingob

Um luto pesado cobre a cidade de Windhoek e, de modo particular, o Estádio da Independência, onde 18 Chefes de Estado chegados de todo o Mundo e 27 delegações oficiais, ao todo, rendem homenagem, em comunhão com o povo namibiano, a Hage Gottfried Geingob, o Presidente da Namíbia falecido no dia 4 deste mês.

A cerimónia decorre há algumas horas, com diferentes momentos como celebração religiosa, mensagem dos filhos em nome da família e testemunhos de companheiros de luta do malogrado, constando ainda do programa intervenções dos homens de Estado que viajaram até à capital da Namíbia para este momento de profundo pesar.

De seguida, o discurso na íntegra do Presidente da República de Angola e Presidente em Exercício da SADC, João Lourenço, na Cerimónia Fúnebre de Estado de Hage Gottfried Geingob:

 DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA JOÃO LOURENÇO, PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA E PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA SADC, NA CERIMÓNIA FÚNEBRE DE ESTADO DE SUA EXCELÊNCIA HAGE GOTTFRIED GEINGOB, ANTIGO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DA NAMÍBIA WINDHOEK, 24 DE FEVEREIRO DE 2024

-Sua Excelência Nangolo Mbumba, Presidente da República da Namíbia

-Excelências Chefes de Estado e de Governo,

– Respeitada Família do Malogrado,

– Distintas Entidades,

-Minhas Senhoras, Meus Senhores, Cabe-me, na qualidade de Presidente da República de Angola e na de Presidente em exercício da SADC, a dolorosa responsabilidade de render homenagem nesta cerimónia profundamente triste, em que nos despedimos para a eternidade do nosso irmão, amigo, camarada e companheiro de luta, o Presidente Hage Geingob, figura incontornável do processo de libertação de África, um intrépido defensor da liberdade, da democracia e da dignidade dos povos africanos e do povo namibiano em particular, pelo qual dedicou grande parte da sua vida.

Nesta cerimónia fúnebre, ficamos sem palavras para expressar a nossa emoção e a nossa dor, pela ausência irreparável do Presidente Hage Geingob.

Em nome dos líderes e dos povos da SADC e dos nossos parceiros, gostaria de dizer que o legado deixado pelo nosso Camarada de quem hoje nos despedimos deve ser preservado e servir como referência para a concretização dos grandes objectivos da SADC e de África, como forma de homenagearmos esta grande figura africana da nossa história contemporânea.

Permitam-me destacar o papel activo e impulsionador que o Presidente Hage Geingob
desempenhou, enquanto exerceu a função de Presidente em exercício da SADC em
2018, durante a qual liderou a agenda de industrialização regional, promovendo o desenvolvimento de infra-estruturas regionais, a capacitação dos jovens e o desenvolvimento sustentável da região, no âmbito do cumprimento dos objectivos que a sua presidência se propôs alcançar.

Destaco ainda o papel que exerceu na defesa da paz, da estabilidade e da segurança da região, premissas fundamentais para o desenvolvimento económico e social da nossa sub-região.

Os feitos do Presidente Hage Geingob são de tal dimensão e de tão grande amplitude que não conseguiríamos descrever em breves palavras o modo como se dedicou e se entregou à causa da construção do progresso e do desenvolvimento da Sua Nação, da África Austral e do continente africano no geral.

A dor e tristeza estão estampadas nos rostos dos cidadãos namibianos pela perda do seu estimado e admirado líder, mas estou convencido que a saberão transformar em energia para se dedicarem com vigor à construção da Nação, forte, resiliente e exemplar em termos de estabilidade, segurança e paz, que o Presidente Hage Geingob tinha no Seu projecto de Nação.

Ao longo dos anos da luta comum contra o regime do Apartheid da África do Sul, Angola e a Namíbia estabeleceram inquebrantáveis e duradouros laços de amizade, irmandade e de cooperação que nos orgulham. A dor do povo namibiano é nossa dor e, por esta razão, estamos presentes para partilhar esta dor e dizer que em momentos difíceis como este, podem contar sempre com a nossa solidariedade.

Em nome do Governo angolano e no da SADC, permitam-me que apresente à viúva do malogrado, aos filhos, a toda a família enlutada, ao povo e ao Governo namibiano, os nossos mais profundos sentimentos de pesar.

Que a alma do malogrado Presidente Hage Geingob descanse em paz!