Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Presidente da República João Lourenço participa na Investidura de Azali Assoumani, Presidente da União das Comores

PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO DISCURSOU HOJE NA CERIMÓNIA DE INVESTIDURA O Presidente da República de Angola, João Lourenço, também Presidente em Exercício da Comunidade para o...
HomeMERCADOJoão Cassanda e Virgílio Pinheiro vencem Grande Prémio ENSA Arte 2024

João Cassanda e Virgílio Pinheiro vencem Grande Prémio ENSA Arte 2024

A ENSA Seguros de Angola atribuiu hoje os prémios aos vencedores das três categorias da XVII edição do Prémio ENSA-ARTE 2024, naquela que é a maior referência de premiação das artes plásticas do país, reforçando o seu compromisso contínuo em apoiar e promover a arte e a cultura em Angola.

O destaque desta edição foi para os artistas João Cassanda, que conquistou o cobiçado Grande Prémio ENSA-ARTE 2024 na categoria de Pintura com a obra intitulada “Mumuíla Feliz”, no valor de 6 milhões de kwanzas, e Virgílio Pinheiro com a obra “Piéta Angolana”, na categoria de Escultura, igualmente no valor de 6 milhões de kwanzas.

Leandro Marques, com a obra “Sem Título, foi o segundo classificado na categoria de Pintura. Sozinho Lopes, na categoria de Escultura, com a obra “Mbaty, o Rosto da Filosofia da Luta Contra a Corrupção” venceu o segundo lugar.

O grande Prémio Juventude Escultura foi para o artista Jelson Matias, com a obra “Resilientes e Imprescindíveis como o Imbondeiro”.

Foram igualmente premiadas duas obras de Pintura na categoria Juventude (ex-aequo) pertencentes aos artistas plásticos Emerson Manuel, com a obra “Quando Parar”, e Belmiro Pereira, com a obra o “Pensador”.

O Prémio ENSA-ARTE é reconhecido como o mais prestigiado galardão atribuído aos fazedores de arte nas categorias de Pintura e Escultura, sendo que o Cinema foi incluído como nova categoria nesta edição.

Além dos grandes vencedores, a ENSA premiou também os artistas das outras duas categorias: João Ngangula foi o vencedor na categoria de Cinema – Filme Num Minuto – com a obra “Marcas da Guerra”, e Vicente Manuel venceu o prémio Alliance Française com o filme “Desperdício”.

A cerimónia de premiação da XVII edição, decorreu no Auditório Saydi Mingas, no Museu da Moeda (BNA), em Luanda, no mês em que a seguradora celebra o seu 46º aniversário, foi marcada por momentos únicos e inspiradores, destacando a diversidade e o talento de artistas angolanos, desde a música, com a Orquestra Sinfónica Camunga, até às artes plásticas.

“Gostaríamos de expressar os nossos profundos agradecimentos aos nossos clientes que, por confiarem em nós, tem sido possível atribuir esse prémio a cada dois anos. Tem sido um grande orgulho para a ENSA Seguros de Angola contribuir para o incentivo, reconhecimento e valorização da expressão artística no nosso país ao longo dos últimos 30 anos”, referiu Mário Mota Lemos, PCE da ENSA Seguros.

O Prémio ENSA-ARTE é um concurso de âmbito nacional e com periodicidade bianual, tendo como destinatários jovens e conceituados criadores de obras de pintura e escultura que protagonizam tendências estéticas destas duas modalidades.

A ENSA Seguros de Angola celebrou o seu 46º aniversário a 15 de Abril, data que assinala o início das suas operações em 1978.