Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Amnistia Internacional exige respeito ao direito de protestos em Luanda

A Amnistia Internacional lembra que as autoridades angolanas devem respeitar os direitos dos manifestantes em Luanda durante a manifestação prevista para 22 de junho...
HomeMERCADOMISSÃO EMPRESARIAL PARA PORTO E LISBOA: GREEN VENTURE VAI INVESTIR EM MOÇAMBIQUE

MISSÃO EMPRESARIAL PARA PORTO E LISBOA: GREEN VENTURE VAI INVESTIR EM MOÇAMBIQUE

No âmbito da Missão Empresarial para Porto e Lisboa, a delegação de empresários moçambicanos visitou e manteve, hoje, um encontro com a Green Venture, no qual anunciou que vai investir em Moçambique, estando à procura de parceiros concretos para a materialização deste investimento.

By: Arson Armindo

A Green Venture é uma empresa privada de investimento e gestão de activos, especializada na identificação, aquisição, desenvolvimento e implementação de projectos de energias renováveis. A empresa já tem mandato dos accionistas para desenvolver projectos de geração de energia em Moçambique e vê a oportunidade nos objectivos do Governo moçambicano de atingir a electrificação universal até 2030.

O Governo do Distrito de Magude, o Parque de Ciência e Tecnologia de Maluana e o MozParks explicaram a disponibilidade de espaços e a sua busca por investimentos, sobretudo na expansão da produção de cana-de-açúcar e diversificação de fontes energéticas. Importa referir que, Moçambique tem vastas áreas planas para este tipo de investimento.

A empresa moçambicana KMA Advisory acordou, com a Green Venture, a discussão de parceria de negócios para assistência até à concretização do investimento em Moçambique.

Por seu turno, a Bolsa de Valores de Moçambique (BVM) convidou a Green Venture a se aproximar, dado que ela complementa os benefícios fiscais oferecidos pelo Governo moçambicano. Ademais, a BVM lançou obrigações sustentáveis onde se enquadra a Green Venture.

Importa salientar que, o mercado bolsista em Moçambique é mais orientado, seja para as start ups, PME’s e grandes empresas, sendo que a distribuição de rendimentos via bola de valores, oferece um desconto de 50% do Imposto sobre Rendimentos de Pessoas Colectivas (IRPC).

Uma outra mais-valia, é facto de o Banco de Moçambique já estar a autorizar a emissão de dívida em Moçambique, não só em Metical, mas, também, em moeda estrangeira.

A Green Venture apresentou algumas dificuldades sobre o fluxo de capitais e abertura de conta em moeda estrangeira.

No encontro, a CTA frisou o facto de o investimento da Green Venture poder abrir oportunidades de negócios para as PME´s moçambicanas.