Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Amnistia Internacional exige respeito ao direito de protestos em Luanda

A Amnistia Internacional lembra que as autoridades angolanas devem respeitar os direitos dos manifestantes em Luanda durante a manifestação prevista para 22 de junho...
HomeECONOMIAPresidente do Banco Africano exorta empresas estrangeiras que actuam em África a...

Presidente do Banco Africano exorta empresas estrangeiras que actuam em África a pagarem impostos

O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, afirmou hoje, 31 de maio, que os países africanos “são demasiado generosos” na cobrança de impostos às empresas estrangeiras, defendendo que as que estão em África “devem pagar impostos em África”.

“Qualquer empresa que esteja em África e utilize os recursos africanos deve pagar impostos em África. Não é um mundo livre. Precisamos de recursos para nos podermos desenvolver”, afirmou Adesina, na conferência de imprensa final dos encontros anuais do BAD, que decorreram em Nairobi.

“Por isso, penso que os países africanos precisam de repensar esta questão, para não estarem a incentivar demasiado. Os incentivos são necessários em termos físicos, mas também é preciso ficar com uma parte do dinheiro”, defendeu, referindo que é necessário “analisar os ‘royalties’ e os impostos que os países africanos deveriam cobrar pelo petróleo, pelo gás, pelos minerais, pelos seus metais”.