Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Camarões: lésbica, Brenda Biya revela sua homossexualidade

Nos Camarões, o jornalista e denunciante Remy Ngono expõe a orientação sexual da filha do presidente camaronês Brenda Biya. Esta última seria lésbica segundo...
HomeMERCADO"O Governo angolano 'impede' a participação de empresas privadas na melhoria energética"...

“O Governo angolano ‘impede’ a participação de empresas privadas na melhoria energética” afirma Director de Energias Renováveis da TotalEnergies

O Director para o sector de Energias Renováveis da TotalEnergies, Gonçalo Anacoreta, critica as baixas tarifas do sector energético em Angola e considera ser um factor que afugenta o investimento privado, por não registar nenhuma actualização desde 2019, apesar de Angola registar elevado índice de inflação.

Gonçalo Anacoreta que participou na mesa redonda subordinada ao tema “A Futura Matriz Energética do País” realizado pelo Jornal Expansão, referiu ainda que não se pode falar em transição energética no País, “porque o Estado impede a participação do sector privado” no processo de crescimento do sector energético.

Referiu ainda que Angola deve potenciar, incentivar e materializar com maior urgência a electrificação rural como factor fundamental para alavancar o futuro energético do País e desafogar o crescimento industrial.

Nesse sentido anunciou que a TotalEnergies dispõe de vários projectos para melhorar o sector energético em Angola que não avançam, porque “há muita burocracia” além do facto de não se fazer referência ao financiamento por parte do Executivo, que no seu ponto de vista desanima o sector privado.