Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

JOSÉ CALENGI, MANTÉM OS NÍVEIS DE CONFIANÇA E ASSEGURA QUE O EXECUTIVO VAI REALIZAR O COMPROMISSO DE ANGOLANO E DO PAÍS

Exclusivo : Falta de logística hábil e equipamento operacional tornam o adiamento de Canso Angola 2024 A falta da logística suficiente e equipamento operacional nomeadamente,...
HomeECONOMIAAngola: Multicaixa Express rivaliza com ATMs e já vale 34% das transações...

Angola: Multicaixa Express rivaliza com ATMs e já vale 34% das transações da rede

OPERAÇÕES MAIS QUE DUPLICAM E ATINGEM 796,3 MIL MILHÕES KZ EM FEVEIRO

As operações na rede Multicaixa (que engloba os pagamentos nos ATMs, TPAs, Multicaixa Express e Internet Banking) não param de crescer. A fuga para o digital é hoje a principal solução para facilitar as transações, permitindo maior celeridade nas operações, e para evitar as longas filas nos ATM”s.

Fonte: Expansão

As operações com o Multicaixa Express mais do que duplicaram no espaço de um ano, ao crescer 106% em Fevereiro para quase 68 milhões de operações face ao período homólogo, que resultaram na transação de 796,3 mil milhões Kz, de acordo com cálculos do Expansão, com base nos dados mais recentes da Empresa Interbancária de Serviços (EMIS). Assim, o Multicaixa Express é hoje o canal preferido pelos clientes da banca para a realização de operações bancárias, sobretudo consultas.

Contas feitas, os valores transacionados através do multicaixa Express representam já 34% do total de valores movimentados na rede multicaixa, ou seja, em cada 100 de transações na rede multicaixa, pelo 34 são realizadas através do Express, o que demonstra que há uma alteração no perfil do cliente bancário e uma maior penetração dos canais digitais no mercado como soluções para facilitar as transações, permitindo celeridade nas operações, bem como para dar resposta aos constrangimentos encontrados em vários serviços, como as enchentes nos ATM”s, as filas e muito tempo de espera para pagamentos de serviços públicos.

As operações por canal na rede multicaixa abrangem as operações em Caixas Automáticas (CA), vulgo ATMs, em Terminal de Pagamento Automático (TPA”s), Multicaixa Express, canal Homebanking (H2H) e Gateway pagamentos online (GPO).

Assim, o Multicaixa Express é um canal mobile interbancário que permite associar um conjunto de cartões multicaixa à aplicação móvel Express. O aplicativo permite aos clientes bancarizados (com acesso a um cartão) pagamentos, transferências bancárias, consultas, pedido de levantamentos sem cartão, ou gestão de cartões, através de um telemóvel.

Para o economista Wilson Chimoco, o crescimento das operações com Multicaixa Express, representa , “sem sombra de dúvidas”, uma alteração no perfil do cliente bancário para os canais digitais. “As pessoas estão cada vez menos dispostas a enfrentar as longas filas dos bancos ou nos ATM”s para levantar dinheiro ou fazer outras operações que os canais digitais permitem. Por outro, tem vindo a crescer a literacia digital e com ela a maior segurança no uso dos canais digitais para a realização de operações financeiras”, defende.

Assim, o economista entende que a tendência deverá aumentar à medida que mais serviços estejam à venda em canais digitais e o formalismo da apresentação dos comprovantes físicos passe a ser desnecessário.

Ideia também defendida por Alberto Vunge, economista e consultor financeiro, ao apontar que apesar de vários factores influenciarem a “fuga” para o canal digital Multicaixa Express, as enchentes que se registam nos canais de transacção física acabam por ser o principal motivo da maior utilização deste canal. Assim, Vunge entende que “a economia do tempo e a certeza na materialização das operações” ditam esta mudança de perfil dos clientes bancários.