Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Mulher de 49 anos suspeita de queimar sobrinha

A Polícia Nacional em Luanda deteve, no Distrito da Camama, município de Talatona, uma mulher, de 49 anos, por supostamente ter queimado a sobrinha,...
HomeECONOMIAAdministradores de Malanje elogiam o papel da Carrinho Agri na revolução agrícola...

Administradores de Malanje elogiam o papel da Carrinho Agri na revolução agrícola nas comunidades

Administradores dos municípios que constituem a província de Malanje elogiaram o papel do Grupo Carrinho, de forma particular a Carrinho Agri pela revolução agrícola assistida nos campos daquela província contando com o apoio técnico, meios e fertilizantes.

“É um forte sinal de que o caminho que estamos a fazer é seguro e que este desafio com os nossos parceiros podemos alcançar resultados num prazo culto do tempo. O Grupo Carrinho tem apoiado os camponeses quer no ponto de vista da compra da produção mas também no acompanhamento e na formação das famílias para que a produção agrícola seja segura e que no final possamos ter bons resultados”, palavras de Fernandes Cristôvão, Administrador municipal de Malanje.

No município sede de Malanje, técnicos de campo da Carrinho Agri controlam mais de 200 produtores que produzem soja, algodão e milho nas comunas de Cambaxi, Ngola Luis e localidades do Kessua.

Carrinho Agri na província de Malanje tem um armazém de armazenamento dos produtos onde armazena-se sementes, fertilizantes e equipamentos da produção, porém, na fase da colheita o armazenamento tem sido insuficiente para receber os produtos dos associados.

Dilangue Baião Domingos, Administrador Municipal de Cangandala, onde a carrinho apoia mais de cinco mil famílias inseridos nos 25 cooperativas e 151 associações de camponeses, informou que com a chegada da Carrinho a produção triplicou.

“Hoje com as sementes melhoradas, assistência técnica, acompanhamento e a motorização é possível se ter o dobro ou o tripulo diferente daquilo que colhiam no passado”, disse Dilangue Domingos.

Odair Dietriz, Coordenador da Carrinho Agri na província de Malanje, disse que nas terras da Palanca Negra Gigante, controla mais de 27 mil famílias integradas no projecto com divisão em Cacuso, Lukembo e Malanje numa área de aproximadamente de 14 mil hectares.

Jamaica Silvestre, responsável de armazenamento em Malanje, conta que na fase da colheita diariamente é armazenado até 40 toneladas, dependendo da força de trabalho desde as viaturas e outros equipamentos.

Cangandala tem uma cooperativa composta por mais de 100 famílias e estes têm formação no combate das pragas.

Contam com técnicos brasileiros e esta experiência tem surtido efeitos na melhoria da colheitas.

Odair Dietriz, Coordenador da Agri Carrinho na província de Malanje, disse que nas terras da Palanca Negra Gigante, controla mais 27 mil famílias integradas no projecto com divisão em Cacuso, Lukembo e Malanje numa área de aproximadamente de 14 mil hectares.

“Controlamos 14 mil hectares onde praticamos diversos cultivos como o Milho, Algudão, Arroz, Trigo, Soja, Girassol e a gente dispobiliza para essas famílias sementes certificadas com o e todos os meios com acompanhamento dos nossos técnicos de campo para assistência técnica”, disse.