Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Presidente da República João Lourenço participa na Investidura de Azali Assoumani, Presidente da União das Comores

PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO DISCURSOU HOJE NA CERIMÓNIA DE INVESTIDURA O Presidente da República de Angola, João Lourenço, também Presidente em Exercício da Comunidade para o...
HomeÁFRICABombas M23 atingiram o campo de deslocados de Mugunga em Goma, causando...

Bombas M23 atingiram o campo de deslocados de Mugunga em Goma, causando vários mortos e feridos

Esta sexta-feira, 3 de maio de 2024, a cidade de Goma foi abalada por uma explosão devastadora, tendo como alvo um objetivo civil no distrito de Mugunga. De acordo com relatórios preliminares, várias pessoas perderam a vida e muitas outras ficaram feridas. Imagens angustiantes revelam que até crianças foram vítimas do ataque brutal, que ocorreu num local conhecido como Kimachine, não muito longe da estrada Goma Sake.

Este ataque, atribuído a auxiliares do exército ruandês do M23, segundo declarações de Martin Fayulu, surge num contexto de tensões crescentes na região. Fayulu salienta que o controlo da cidade de Rubaya pelas forças do M23 oferece ao Ruanda um maior acesso ao coltan do Congo, destacando as questões económicas e geopolíticas que alimentam os conflitos na região.

Ao mesmo tempo, outras regiões da República Democrática do Congo também enfrentam crises humanitárias. As inundações em Kalemie (Tanganica) e Uvira (Kivu do Sul) levaram a deslocações populacionais significativas, mergulhando estas comunidades em condições precárias, sem assistência governamental adequada. Entretanto, são feitas críticas ao governo pelos seus gastos, que são considerados extravagantes e desligados das necessidades urgentes do povo.