Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Projeto Político Partido Liberal

Projeto Político Partido Liberal A Juventude Africana como Protagonista do Futuro do Continente. Em um dia como hoje, celebramos o Dia da África, uma data de...
HomePOLÍTICAMoxico: INSS confisca contas de 140 empresas por dever Kz 385 milhões

Moxico: INSS confisca contas de 140 empresas por dever Kz 385 milhões

Cento e 40 empresas privadas terão as suas contas bancárias penhoradas por deverem mais de 300 milhões e 354 mil kwanzas ao Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) na província angolana de Moxico, anunciou no Luena, o chefe dos serviços provinciais, Jacob Capaia.

Segundo angop, a prioridade para penhoras das contas bancárias recai, de forma imediata,  para as empresas com dívidas acima de dois milhões 500 mil kwanzas, terminanda que está a fase de sensibilização.

Jacob Capaia informou que a dívida  global das empresas do Moxico está avaliada em mais de 385 milhões, 354 mil kwanzas, numa lista liderada por empresas privadas ligadas à actividade do comércio, prestação de serviço e construção civil.

O INSS fez o anúncio durante um seminário que visou  sensibilizar, divulgar  e informar aos contribuintes os procedimentos para a cobrança coerciva, após sensibilizar-se, durante a fase de mobilização, 6622 empresas, 245 das quais notificadas para o pagamento voluntário.

Informou que no perído de sensibilização, 65 empresas pagaram voluntáriamente, resultando numa arrecadação de mais de 58 milhões e 414 mil kwanzas.

O chefe do departamento de Gestão de Contribuições, Regularização e Cobrança da Dívida do INSS, Lourenço da Silva, lembrou que a regulação voluntária da dívida pode ser feita em prestações de cinco anos, dependendo da capacidade financeira do contribuinte, devendo  corresponder a 60 prestações.

“Um dos pressupostos obrigatórios para o pagamento em prestações é a não obtenção da dívida, podendo o contribuinte fazer o pagamento da mesma em prestação mensal de forma simultânea”, disse.