Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Camarões: lésbica, Brenda Biya revela sua homossexualidade

Nos Camarões, o jornalista e denunciante Remy Ngono expõe a orientação sexual da filha do presidente camaronês Brenda Biya. Esta última seria lésbica segundo...
HomeNOTÍCIASCRIMEPai mata filha à pedrada por ser seropositiva e põe-se em fuga

Pai mata filha à pedrada por ser seropositiva e põe-se em fuga

Uma jovem, de 28 anos, no bairro da Lixeira baixa, em Benguela, foi supostamente morta pelo progenitor, depois deste se aperceber que sua filha era seropositiva. o alegado homicida está, neste momento, foragido, mas o porta-voz da Polícia Nacional, superintendente Ernesto tchiwale, que confirmou quarta-feira, 20, o facto à imprensa, garante diligências para a detenção dele.

Informações disponíveis no local, colhidas pelas forças, apontam que a jovem, encontrada morta, teria sido supostamente agredida com pedra pelo pai, depois de ele se ter apercebido que ela era portadora de VIH/SIDA. Consumado o acto ilícito, o suposto autor da morte pôs-se em fuga, deixando o corpo no interior da residência onde ambos viviam.

“Depois de se aperceber desde diagnóstico, partiu então para agressão com pedra e acabou por causar lesões que levaram mesmo à morte”, confirmou o porta-voz, que não avança mais dados sobre o autor, prometendo fazê-lo assim que ele for detido.

De acordo com Ernesto Tchiwale, as forças policiais, no local, desenvolveram todos os actos policiais, tendo culminado com a remoção do cadáver na casa vítima, ao que se seguiu, igualmente, a instauração do respectivo processo-crime, a fim de ele venha a responder pela alegada acção criminal a ele imputada.

Desta feita, o também director de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional em Benguela assegura diligências por parte de investigadores do Departamento de Ilícitos Penais e não só para localização e, consequente, detenção do pai agressor. “Quando assim ele for detido, nós também poderemos surgir, no acompanhamento da informação e puder dizer que, portanto, já foi detido”, promete.

C/O País