Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Irregularidades dos documentos colocam fora do sistema 157 pensionistas da província do Cunene

Mais de cento e cinquenta pensionistas do Cunene não foram incorporados no sistema de pagamento por alegadas irregularidades dos documentos. By: Dino Manuel Os dados foram...
HomeNOTÍCIASSOCIEDADELuanda realiza marcha contra a violência em após morte do músico gospel...

Luanda realiza marcha contra a violência em após morte do músico gospel Caleb

A comunidade do Distrito Ngola Kiluanje e do Distrito 11 de Novembro organiza uma marcha de solidariedade contra a violência em Luanda, após a morte de Caleb, um jovem inocente morto por engano. A marcha será realizada no dia 16 de Março, com concentração na quadra de basquetebol da Tecnocarro às 17H00.

O comunicado dos moradores dos dois distritos expressa pesar pela morte de Caleb e destaca que o caso reflete uma cultura de violência que precisa ser combatida. A comunidade se posiciona firmemente contra a justiça pelas próprias mãos e propõe a marcha como um momento de união e reflexão.

A concentração da marcha será na quadra de basquetebol da Tecnocarro às 17H00. A caminhada em direção ao local onde Caleb foi espancado, na zona da Encafé, começará às 18H00. Uma vigília em memória de Caleb e de todas as vítimas da violência será realizada das 19H00 às 20H30.

Os participantes são incentivados a vestirem camisas ou camisolas brancas, sem escrita ou desenho, em sinal de luto/paz e solidariedade. Bandeiras partidárias e qualquer palavra que alimente o discurso de ódio não serão permitidas.

O comunicado convida as autoridades locais, entidades tradicionais, a polícia nacional e a comunidade em geral a se unirem à marcha. A família de Caleb e de outras vítimas, as igrejas e toda a comunidade são convidados a participar nesse movimento pelo amor e pela fraternidade.

Um grito por justiça e paz

A marcha é um chamado à ação para construir uma sociedade onde a violência não tenha lugar. É hora de dizer “BASTA” à violência e trabalhar por um futuro mais justo e pacífico para todos.

Informações e contatos

Para mais informações sobre a marcha, os seguintes contatos estão disponíveis:

942 438 282

926 211 001

914 343 171

926 882 626

924 871 054

924 183 089