Become a member

Get the best offers and updates relating to Liberty Case News.

― Advertisement ―

spot_img

Mulher de 49 anos suspeita de queimar sobrinha

A Polícia Nacional em Luanda deteve, no Distrito da Camama, município de Talatona, uma mulher, de 49 anos, por supostamente ter queimado a sobrinha,...
HomeNOTÍCIASAs estradas construídas pela OMATAPALO deveriam servir de padrão nacional

As estradas construídas pela OMATAPALO deveriam servir de padrão nacional

Após uma análise detalhada das estradas construídas pela Omatapalo no Lubango e, mais recentemente, no Lobito, é difícil não reconhecer a excelência do trabalho realizado. Como profissional com mais de uma década de experiência acompanhando o desenvolvimento infraestrutura em Angola, sinto-me compelido a partilhar as minhas impressões.

“Depois de acompanhar o trabalho feito no Lubango e agora no Lobito, não creio estar a exagerar, ou a fazer publicidade, de que não fui solicitado, mas o padrão das estradas construídas pela Omatapalo é o que se ajusta à realidade pluviométrica de Angola”, destaco eu, Samuel Candundo, economista.

Diria até que o trabalho realizado pela Omatapalo se aproxima do padrão canadiano em termos de qualidade e durabilidade. É uma afirmação ousada, mas uma que faço com base em observações concretas e comparativas.

No entanto, este feito só é possível se houver um desenvolvimento claro de padrões para a construção de estradas. Como mencionei anteriormente, o Laboratório de Engenharia de Angola desempenhava um papel crucial nesse sentido no passado. Na ausência desse órgão, o padrão estabelecido pela Omatapalo mostrou-se eficaz e digno de ser replicado em futuros empreendimentos.

É imperativo que o governo e os órgãos reguladores reconheçam a importância de estabelecer e manter esses padrões, garantindo assim não apenas estradas de qualidade, mas também um desenvolvimento sustentável e duradouro para Angola.

Por: Samuel Candundo – Economista

Fonte: Novo Jornal